quarta-feira, 24 de outubro de 2012

Prima traíra parte 1

O ano eu me lembro bem, aliás é difícil esquecer, fui passar as férias do verão de1999 na casa da minha prima e lá ele estava: alto, pele morena do sol, sorriso debochado e uma cicatriz no queixo, quando o olhei meu coração parou por quase um segundo, então ele veio em nossa direção parou e beijou minha prima ~~beijo rápido~~ meu coração parou de novo. Minhas prima fez as devidas apresentações:
-Esse é o meu namorado. Essa é a minha prima ...
Ele sorriu, eu fiquei tensa, então ele disse com seu jeito relaxado:
-Interessante...
Na hora não consegui entender porquê o namorado da minha prima me fazia arrepiar só com um olhar ~~claro eu só tinha 17 anos~~ nunca havia me apaixonado, até aquele momento.
Minha prima ficou doente no último dia do ano, no dia que pensavamos que o mundo acabaria, ela queria ir para a praia com o namorado, mas não podia, então pediu pra mim ir e não dixar nenhuma garota chegar perto dele.
Lá fomos nós, ele estava usando uma calça branca e estava sem camisa exibindo seus lindos músculos, eu usava um vestido azul claro, curto, e estava com os chinelos na mão.
nós não tínhamos trocado uma palavra, e agora estavamos a sós sentados numa pedra enorme, ele me olhou e perguntou:
-Você tem medo de mim?
-Não, eu...
Eminhas palavras ficaram no ar, ele sorriu da minha cara. Chegou perto. Mais perto. Eme beijou. Me levantei e fui embora sorrindo, nunca mais fui beijada daquele jeito e isso já faz mais de dez anos, agora estou com as malas prontas para ir para casa da minha prima passar a virada do ano.

Quem gostou dessa crônica e quer ver a continuação é só acompanhar o blog, que vai ter a continuação no último dia do ano.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário